Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Dizem que é uma espécie de greve…

 

 

 

Pois lá me levantei eu à mesma hora, mesma rotina diária de autolavagem, autovestir, autopequeno-almoçar, pegar nas coisas e ala!!! Mas isto sem antes ter acendido a TV para saber como estava o “caos” neste pequeno mundo chamado Portugal. Sim, porque tinha de saber se havia ambrósios para me levarem para a escola ou se tinha de ir a pé e chegar no dia seguinte. Ah, e até liguei pra escola a avisar que não sabia a que horas ia chegar, mas que chegava. Resposta da coordenadora: ”Mas ainda não são 9 horas…” (fim de conversa). Vejam bem que até saí mais cedo de casa…

Bom, lá apanhei o meu 1º Ambrósio. Sem problemas, fui sentadinha e tudo. Ambrósio nº 2… estava à minha espera!!! E era bem jeitoso (o ambrósio :P). Fui a 1ª a entrar, assim com aquele meu ar de dissimulada porque o chip do passe não apita. Até o passe se estragou! Raio de escola…

Lá fui muito contente e feliz pra escola…. 9.40h hora de chegada… entrada às 10h… Então vamos beber um descafeinado pra fazer tempo.

Quando, finalmente entro na escola, oiço logo o pai do J.C. (que não quer dizer Jesus Cristo!) a guinchar “E agora para onde é que eles vão se não têm aulas? Blá… blá… blá… etc.!  Eu levantei logo a minha crista e bradei aos céus, pátio da escola, vizinhança e quem mais ouviu: “Não tenho nada a ver com isso! Na minha aula só entram os alunos de Inglês. Não aceito alunos de profes que faltam. E vou já avisar a directora!!!” Lá fui eu a voar na minha vassoura em direcção à coordenação. Declarei o mesmo que tinha dito lá fora e ouvi a resposta “pois é, não se pode substituir quem está a fazer greve…”. Fiquei eu a fiel guardiã das chaves do ATL. Lá foi uma auxiliar abrir a porta comigo por causa do alarme. O pior é que o alarme fica no céu, ou quase. Lá dispara aquilo. Póoooopóooooooooooopóoooooooo e a auxiliar só gritava AAAAAAAAIAIAIIAIIAAIA. E eu ali para a pensar ” Mas porque é que ela está a gritar? Isto tá ligado à polícia? Será que depois têm de vir cá?” Mas a auxiliar lá se pôs em cima de uma espécie de banco e conseguiu desligar o alarme.

Começou a fase 2. Eu e o D. quase não tínhamos alunos (eu tinha 2) e o R. de educação física também tinha meia dúzia. Juntámo-nos numa sala e pusémos os putos a ver filmes ou clips. Ainda fomos à biblioteca da escola pa ver se havia algum filme fixe para a idade deles mas… nem 1!!! O D. levava o filme do 50 cent que era violentíssimo. Digo-lhe eu: ”Isso não é muito violento pós putos? É só tiros e mortos e asneiras” Lá mudámos para os clips.

Depois de almoço, o mesmo procedimento, mas desta vez sem a ed. Física. Controlo à porta (não queríamos elementos estranhos) e filminho preparado. Desta vez qual era? Dêem lá um palpite? Hã? Naaaa… “the hills are alive with the sound of music….lalalallala” Já descobriram? Esse mesmo! O famoso, o clássico, o mais visto, o familiar “Música no Coração”. Os putos gostaram.

Resultado final desta espécie de greve: 3 alunos de manhã e 7 de tarde o que perfaz um total de 10 alunossss!!!

Nem sequer fez meia turma… Valeu a pena? “Vale sempre a pena se a alma não é pequena” já lá dizia o poeta. Agora vamos lá saber em que é que valeu a pena.... ;P